Ocupação da rede hoteleira em Fortaleza anima empresários


De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-CE), a capital cearense registrou em julho, a taxa de ocupação da rede hoteleira de 82,20%. O número representa um aumento de 10,16% em comparação ao mesmo período do ano anterior, quando o índice registrado foi de 72,04%. A taxa ainda é a maior alcançada nos últimos três anos. Em julho de 2015, a ocupação foi de 77%.

Para o secretário Municipal de Turismo de Fortaleza, Alexandre Pereira, a marca é fruto das ações de promoção e divulgação do destino que vem sendo realizadas pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Setfor, Governo do Estado do Ceará e iniciativa privada. “O aumento de 10% é bastante significativo para o setor. Todo o trade está concentrado na promoção de Fortaleza. Estarei me reunindo em São Paulo nesta quinta e sexta-feira com a Gol Linhas áreas, Avianca, CVC e Panrotas traçando novos projetos, parcerias e estratégias para o nosso turismo”.

No último mês, Fortaleza havia sido apontada pelo site de acomodações Airbnb, entre as 10 cidades mais procuradas do país durante o mês de julho. A capital cearense apareceu em 5º lugar e a cidade de Aquiraz em 9º. Ambas como os únicos destinos do Nordeste apontados na pesquisa.

O levantamento ainda assinalou o crescimento de 126% em número de reservas para julho, em relação ao ano anterior. Em fevereiro deste ano, o mesmo site revelou Fortaleza entre um dos 10 destinos tendência para viagens em família para 2017, a única cidade sul americana a aparecer na lista.

“No primeiro semestre realizamos ações de capacitação de agentes de viagens e operadores em várias cidades. No segundo semestre daremos continuidade aos roads shows passando por Minas Gerais, São Paulo e interior e Gramado”, destacou o secretário municipal.