Cidade italiana recebe exposição sobre perfumes antigos


Cidade italiana recebe exposição sobre perfumes antigos

Da Ansa
- Agência Italiana de Notícias

Conduzir os visitantes em uma viagem no mundo dos perfumes e dos aromas clássicos. Este é objetivo da mostra "Aromata. Perfumes e pomadas na Antiguidade", inaugurada nesta quinta-feira (10) no Museu Arqueológico Nacional de Reggio Calabria, na Itália.

Com curadoria de Carmelo Malacrino e Damiano Pisarra, a exposição conta com 50 amostras provenientes da Grécia Antiga, da fase arcaica até o período romano, que vão servir para ilustrar o uso das fragrâncias nos lugares de culto, nos necrópoles e na vida cotidiana, inclusive no tratamento de beleza e cuidados com o corpo. "Há quatro vitrines feitas para admirar a seleção de objetos relacionados ao uso de perfumes no mundo antigo. Dos recipientes e bálsamos provenientes do contexto funerário aos utilizados em navios para a conservação das espécies. Esta exposição apresenta uma chave diferente e destaca algumas das obras de coleção permanente", explicou Malacrino.

"A mostra é o resultado das atividades de reorganização de armazéns, do novo itinerário do patrimônio do museu e do estado de conservação. Uma valorização do patrimônio por parte do Ministério dos Bens Culturais (Mibact)", acrescentou o curador.

Segundo Malacrino, "a pesquisa e o estudo de materiais, muitos dos quais são inéditos, continuam inabaláveis e são fundamentais para a preservação dos testemunhos da antiguidade calabresa".

Na exposição, que ficará em cartaz até 10 de setembro, os visitantes também poderão admirar peças de beleza, objetos preciosos usados no mundo masculino e feminino, pomadas especiais e cuidados técnicos.