Morre Lorenzo Gancia, 'rei' do espumante italiano


Empresário ajudou duas vinícolas a se tornarem patrimônio Unesco

Da Ansa
- Agência Italiana de Notícias

Considerado o "rei" do espumante italiano, o empresário Lorenzo Vallarino Gancia, fundador da marca de vinhos de mesmo nome, morreu neste sábado (7) aos 87 anos em Canelli, na provícia de Asti, na Itália.

De acordo com a imprensa local, Gancia faleceu após permanecer doente por um longo período. No entanto a causa da morte não foi divulgada.

O empresário foi vice-presidente da Confindustria, a maior associação de indústrias da Itália, e proprietário dos vinhos Gancia. Sua empresa contribuiu para a nomeação e reconhecimento das vínicolas de Langhe-Roero e Monferrato como Patrimônio Mundial pela Unesco.

Os espumantes Gancia são famosos pela leveza e sabores sutis. As bebidas possuem perlage fina e coloração palha verdeal. Seus aromas remetem à grama cortada.