Aeroporto de St. Maarten reabre no dia 10 de outubro


Com a reabertura do aeroporto, haverá algumas mudanças na movimentação de passageiros e nas medidas de segurança dentro do prédio do terminal, para que continuar as obras de reconstrução do prédio possam ser continuadas

A ministra do Turismo e Assuntos Econômicos de St. Maarten, Mellissa Arrindell-Doncher, anunciou que o Aeroporto Internacional Princess Juliana (SXM) reabrirá as portas a todos os voos comerciais em 10 de outubro de 2017. "Voltaremos aos negócios", afirmou a ministra. O simbolismo da data também é importante para o povo da ilha, já que marca sete anos desde que St. Maarten obteve seu novo status constitucional.

Segundo a ministra, o aeroporto precisou de tempo para ser recuperado das passagens dos furacões Irma e Maria e poder voltar a operar dentro dos padrões internacionais de segurança. Ela reitera que o dano ao aeroporto foi grave e por isso não foi possível uma reconstrução mais rápida. "Mesmo quando reabrirmos o nosso aeroporto, ainda teremos alguns meses de trabalho para que St. Maarten volte a ser o que era antes", disse a Sra. Arrindell-Doncher.

"O diretor executivo do aeroporto, Michel Hyman, auxiliado pelo chefe do Departamento
de Aviação Civil, Lou Halley e sua equipe, fizeram um ótimo trabalho para que possamos reabrir a ilha para negócios. Não posso deixar de elogiar estas pessoas e a resiliência que tiveram para voltarmos a operação. Obrigada!”, continuou a Ministra.

Com a reabertura do aeroporto, haverá algumas mudanças na movimentação de passageiros e nas medidas de segurança dentro do prédio do terminal, para que continuar as obras de reconstrução do prédio possam ser continuadas. Ela afirma que Hyman e a administração do aeroporto garantirão que os passageiros estejam em um ambiente seguro em todos os momentos.

"Pode haver algum inconveniente aqui e ali, mas pedimos um pouco de paciência enquanto trabalhamos para voltar aos 100%", disse a ministra. Ela acrescentou que todas as companhias aéreas emitirão informações sobre a retomada dos serviços por meio de seus respectivos canais de venda e distribuição.

"Estamos em discussão com todas as companhias aéreas sobre a retomada das operações para St. Maarten, já que o destino foi gravemente atingido pelos furacões e o caminho para a recuperação é longo. Ainda temos algum inventário hoteleiro com o qual podemos contar, mas queremos potenciais investidores aqui”, afirmou a ministra. “Basicamente, a mensagem que queremos enviar ao mundo é que somos resistentes, estamos abertos para os negócios e esperamos recebê-los de volta."

A ministra Arrindell-Doncher ainda fez questão de agradecer aos funcionários do SXM e outros colaboradores que trabalharam incansavelmente para restaurar o aeroporto para o status operacional, bem como o Departamento de Imigração e Alfândega. Ela reiterou também sua gratidão a todos os funcionários e companhias aéreas comerciais, charter e militares que levaram ajuda humanitária a St. Maarten, transportando suprimentos enquanto o aeroporto ainda estava fechado.