Nepal proíbe que alpinistas escalem Everest sozinhos


Ideia é reduzir acidentes na montanha mais alta do mundo

Da Ansa
- Agência Italiana de Notícias

O governo do Nepal proibiu que pessoas sozinhas escalem suas famosas montanhas de neve, incluindo o Monte Everest, informou a mídia do país neste sábado (30).

Também pessoas com as duas pernas amputadas ou com deficiência visual grave não poderão mais escalar os locais.

Segundo fontes do governo, a ideia é reduzir a quantidade de acidentes fatais nas montanhas, que chegaram a seis neste ano, e também de promover o trabalho dos guias locais - já que todas as subidas precisarão contar com a ajuda de profissionais do país.

De acordo com dados do governo, desde 1920, mais de 200 pessoas morreram tentando subir o Everest. O "pico" das mortes ocorreu na década de 1980 e foi diminuindo após o governo endurecer regras para fazer a escalada.