Cansado de esperar, passageiro senta na asa de avião


O passageiro, asmático, não conseguiu esperar os procedimentos de desembarque, que já duravam meia hora, e se sentou na asa do avião

da RFI
- Rádio França Internacional

Um passageiro de um voo Ryanair, de Londres para Málaga, no sul da Espanha, visivelmente cansado de aguardar os procedimentos de desembarque da aeronave após o pouso, decidiu abrir o dispositivo de segurança e se sentar na asa do avião, segundo informações de um porta-voz da companhia aérea nesta quarta-feira (3).

"Havia cerca de meia hora que estávamos esperando para sair do avião, quando este cavalheiro caminhou silenciosamente até a saída de emergência; ele disparou o mecanismo de abertura, olhou para fora, pegou sua mochila e saiu em direção à asa ", disse à AFP Fernando del Valle, um passageiro que estava no mesmo voo da Ryanair.

Nas imagens postadas em sua conta do Facebook, vemos um homem que caminha na asa da aeronave e coloca sua mochila, antes de se sentar.

"O capitão ficou atônito (...) ele perguntou quem estava fora, sentado na asa", disse o turista espanhol, que estava voltando na noite de segunda-feira (1°) de Londres a bordo do vôo FR8164, que havia partido da cidade com uma hora de atraso e chegou vinte minutos após o horário agendado em Málaga.

O homem, cuja idade e identidade não foi revelada pela Ryanair, foi detido imediatamente, segundo um porta-voz da empresa na Espanha, em uma declaração oficial. "O comandante do avião solicitou a intervenção da guarda civil, que identificou o passageiro e denunciou a violação das normas a bordo do avião à agência de segurança aérea", concluiu um porta-voz da Guarda Civil.

Passageiro era asmático

O homem polonês, que mora em Málaga, lembrou-se de pegar sua bagagem de mão antes de se dirigir à asa do avião, mas finalmente foi convencido a voltar a bordo por uma equipe de terra ansiosa e preocupada com a possibilidade de que ele pudesse pular, até que o passageiro fosse preso pela polícia local.

Mas outro passageiro, Raj Mistry, que estava sentado ao lado do homem no avião, disse ao jornal britânico Daily Mail que o homem decidiu tomar medidas drásticas porque ele seria asmático e precisava desesperadamente de ar - mas a segurança do avião não o escutava.

Ele disse que havia testemunhado o homem - cuja esposa estava esperando por ele no aeroporto - usando seu inalador várias vezes durante o voo.